Pesquisar este blog

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Declínio da musica brasileira



Ultimamente, é impressionante a quantidade de músicas sem conteúdo que vêm fazendo sucesso, parece-me que as músicas, de um modo geral, começaram a sofrer um inexplicável processo de declínio criativo. Muita coisa sem graça passou a ser encarada como produção musical de relevância. Somos constantemente bombardeados com ritmos barulhentos, com letras de baixíssimo nível, e tudo sendo vomitado em nossos ouvidos mesmo sem nosso consentimento.
São Axés, Funks , Forrós pornográficos, Sertanejos “Universitários“ , difundidos aos quatro ventos, nos mais inconvenientes lugares. A indústria musical trabalha a todo vapor, produzindo esse “Lixo Cultural” e com auxílio da Mídia, elas invadem nosso país como uma epidemia, acabando com “aquela” magia, poesia e brilho que tínhamos em nossas músicas a décadas atras.
 Hoje a moda é cantar musicas que tem em seu refrão “Tche tche rere, tchu tcha, tcha tchu …” e ficarmos fazendo papéis de idiotas enquanto pulamos e dançamos como se fossemos macacos, ou como se tivéssemos com dores de barriga. RIDICULO!!!

Posso ser interpretado agora como um arrogante de nariz empinado que se recusa a ver que os tempos são outros, pelo contrário, novos tempos são sempre bem-vindos. Mas o mínimo de pudor ainda é considerado respeito, pelo menos para mim. E poesia ainda é sinónima de arte. Toda forma de protesto pacífico é válida – é direito do cidadão – e a música é uma delas. Por essas e por outras, se a música deve passar alguma mensagem, aproveite e passe-a. Eu não quero ouvir que “mulher burra fica pobre, mas pode enriquecer” usando aquilo que, para bom entendedor, essa menção é desnecessária. Eu quero ouvir, em alto e bom som, uma crítica a esse país que, prestes a sediar uma Copa do Mundo, calcula quanto irá gastar com estádios que ficarão esquecidos meses depois. Quero ouvir uma retractação musical da “geração Internet”, outrora “Coca-Cola”. Eu quero ouvir letras de MÚSICA

Escrito por: Jairo Júnior

Um comentário:

  1. Gostei do texto. Também não sou fã dessas músicas, mas gosto é gosto. Fazer o quê? Se fazem sucesso é porque tem público. Liberdade de expressão faz parte de um sistema democrático, mas entendi tua crítica. Parabéns pelo blog! ^_^

    ResponderExcluir